Servidores da Câmara participam de treinamento realizado pelo TCE/ES

por Ouvidoria publicado 28/08/2017 15h15, última modificação 28/08/2017 17h16

Os servidores da Câmara Municipal de Linhares Ulisses Costa e Sabrícia Faroni, da Procuradoria, e Anael Caliman Júnior e Diego Krentz, do Controle Interno, participaram na última quarta (23), quinta (24)  e sexta-feira (25) dos treinamentos “Jurisprudência do TCE/ES aplicada à Administração Pública” e “Processos no TCE/ES”, realizados gratuitamente pelo Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE/ES) na Casa da Cultura de Santa Teresa.

A primeira temática teve como objetivo capacitar o participante acerca das principais teses adotadas em julgamentos recentes proferidos pelo Tribunal de Contas em assuntos que envolvem Administração Pública, Finanças Públicas e Agentes Públicos, bem como ensinar como ter acesso aos respectivos conteúdos por meio das ferramentas disponibilizadas pelo TCE/ES. A abordagem foi apresentada pelos Auditores de Controle Externo do TCE/ES Odilson Souza Júnior e Murilo Moreira.

Já a segunda temática proporcionou o entendimento sobre a dinâmica processual do TCE/ES, compreendendo a natureza de seus processos e a forma de atuação do órgão na fiscalização dos recursos públicos, tendo como base o Regimento Interno e a Lei Orgânica do TCE/ES. Os Auditores de Controle Esterno do TCE/ES Odilson Júnior e Lyncoln Reis foram os responsáveis pela apresentação do conteúdo.

O servidor do Controle Interno, Anael, disse que a experiência propiciou uma troca produtiva entre a Câmara Municipal de Linhares e o TCE/ES. “Estreitar esse relacionamento é importante para nós servidores. O treinamento nos trouxe conhecimentos novos e que são pertinentes à área em que atuamos. As orientações contribuem para melhorias nos serviços que prestamos à população”, ponderou.

E a procuradora Sabrícia disse que o treinamento foi ótimo, "porque vi matérias que não eram do meu dia a dia e passaram a ser, como as que envolvem a Administração Pública. A vida é um eterno aprendizado e isso se aplica também à nossa carreira. Quando deixamos de investir em nosso conhecimento profissional e de estar motivados, ativos e proativos, corremos o risco de ficar estagnado, parado no tempo. Então valeu muito a pena e foi ótimo para o meu aprendizado", relatou.

As cargas horárias de cada treinamento foram respectivamente de 8 e 16 horas/aulas por turma.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.